6 de dez de 2011

Em Busca de Um Amor– Igual a Crianças–Capítulo 5



Vc arruma o seu guarda roupas até que a empregada pate na sua porta.
Vc: Pode entrar.
Empregada: O seu pai ta te chamando para almoçar. Ha , não liga pra Isabela , ela é desse jeito
Vc: Ela é muito mimada.
Empregada: Aham.
Vc: Fala pro ( nome do seu pai ) que eu não tou com fome.
Empregada: Ele não gosta que a família não vá comer na hora que ele.
Vc: Ele comeu sem mim a 13 anos , não vai ser agora que ele vai morrer.


Empregada: Como a senhorita quiser.
Vc: Por favor , não me chame assim , só de ( seu nome )
A empregada sai e vc toma banho e veste essa roupa e depois vc vai tirar um cochilo. Quando vc acorda…..
Pai: Filha , por que vc não veio comer com agente?
Vc: Eu tava sem fome.
Pai: Mas da próxima vez vc vai comer sim , eu não gosto que a minha família não coma comigo.
Vc: Vc comeu sem mim por 13 anos , não vai ser agora que vc vai fazer tanta questão….
Pai: Olha filha , me desculpa , por favor , eu fiz tudo pro seu bem.
Vc: É difícel perdoar uma pessoa assim , da noite pro dia , e eu nem sei se vou conseguir te perdoar ( saindo )
Vc sai para passear um pouco na rua , vc queria ver a vizinhança , era uma casa mais bonita que a outra , até que vc encontra um parque (  de noite ). Lá tinha muitas crianças e adolescentes brincando , o parque era lindo , cheio de luz , vc começa a se lembrar de quando vc tinha uns 10 anos , de quando a sua mãe te levava para os parquinhos e o quanto vc ficava feliz , até que vc decide entrar. Vc queria ir na montanha russa , vc coloca a mão no bolso para ver se tinha dinheiro. Vc só encontra algumas moedas e fica triste , até que vc vê uma banquinha vendendo doces . vc vai até lá e só compra um e fica olhando a alegria daquelas pessoas brincando.
Justin On:
Eu fui para um parquinho que tinha perto da minha casa com o chaz , até que eu vejo a ( seu nome ) de costas comprando um doce.
Jb: Olha que ta aqui , tudo bem?
Vc: Oi , tudo.
Jb: Já brincou muito?
Quando ele falou isso vc ficou meio sem saber o que dizer.
Vc: Eh , eh , sim.
Eu percebi que ela estava mentindo em alguma coisa , mas não quis mais falar sobre isso para não deixa-la invergonhada.
Jb: O que acha da gente ir tomar um sorvete aqui perto? Eu vi com o meu amigo Chaz ,vem cá ,deixa eu te apresentar. ( Seu nome ) esse daqui é o Chaz e Chaz , essa é a ( seu nome )
Chaz: Oi , é um prazer.
Vc dá um sorriso e não fala nada.
Jb: E ai  , o que acha?
Vc: Eu , eu , eu não sei.
Jb te puxa para um cantinho e pergunta:
Jb: Vc esta bem? Quer falar alguma coisa?
Vc: Não , não , é que , é que…. esquece ( gaguejando )
Jb: Pode falar , confie em mim.
Vc: É que eu tou sem dinheiro , pronto falei ( seus olhos começam a encher de lágrimas )
Jb: Ha , não tem problema ( secando a sua lágrima *-* ) eu pago. Vc brincou em algum brinquedo?
Vc: Eh , não. ( invergonhada )
Jb: Então o que acha dagente brincar um pouco?
Vc: Eu não sei , eu não quero gastar seu dinheiro.
Jb: Não tem problema , vamos nos divertir.
Justin vai falar com Chaz discretamente.
Jb: Vai pra casa , mais tarde eu chego.
Chaz: Não , eu quero ficar.
Jb: Por favor , eu preciso resolver um problema.
Chaz: Taaaaa.
Chaz: É , eu já tou indo foi um prazer.
Vc: O prazer foi todo meu ( sorriso )
Jb: Vamos? Vc quer ir em que brinquedo?
Vc: Na montanha russa? ( vc sorria igual a uma criança )
Jb: Aham , vamos.
Vcs vão na montanha russa , quando ela começa a ir rápido vc começa a gritar e a agarrar no Justin. Depois da montanha russa…..
Vc: Desculpa por ter gritado no seu ouvido e ter ficado segurando em vc ( rindo )
Jb: Sem problema , eu já tou acostumado.
Vcs vão em alguns briquedos e o parque já estava começando a ficar vazio.
Jb: O que acha dagente voltar a ser criança?
Vc: Como assim?
Jb: Vem ( pegando na sua mão e te puxa e sai correndo )
Jb: Eu tou dizendo da gente ir no carrossel ( sorrindo )
Vc: Eu topo ( sorrindo )
Homem: Vcs não podem.
Jb: Por favor ( segurando sua mão )
Homem: Vcs já são bem grandinhos.
Jb: Por favor , agente paga o dobro.
Homem: Ta bom , entrem.
Vcs dois pareciam duas crianças. Até que o brinquedo para e vcs descem.
Vc: Eu já tou cansada ( rindo )
Jb: Eu tb.
Vc: Foi muito legal , eu nunca me diverti tanto que nem hoje ( olhando para o biebs e sorrindo )
Jb: Eu tb ( olhando e sorrindo para vc )
Vcs ficam se olhando por alguns segundos e quando o biebes foi se aproximando bem devagar e disfarçadamente , vc:
Vc: Eh , eu já vou indo.
Jb: Eu te levo.
Vc: Não ,eu já te dei muito trabalho.
Jb: eu vou te levar e pronto.
Vc: Taa booom.
Jb: Onde vc mora?
Vc: é a rua ‘’eu te amo JB , vc me faz muito feliz sem saber ‘’ – kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Quando chega na rua Justin pergunta:
Jb: Qual é a casa?
Vc: É aquela ( apontando )
Jb: Qual? A do dono do Shoping?
Vc: É.
jB: Ele é o seu pai? O.o
Vc: É ( cara de triste )
Jb: ÉÉ… Me passa seu número?
Vc: Eu não tenho celular =/
Jb: Ha , desculpa. Então quando precisar é só ligar. Tem skype?
Vc: Aham , é ( seu skype ) Tchau.
Jb: Tchau.
Ele fica esperando vc entrar , quando vc entra ele sai.
Justin Made on:
Ela é diferente de todas as garotas , ela pode ter até aquele jeito estressado , eu até intendo o por que , mas dá para ver nos olhos dela que ela é legal e não é igual as outras garotas , ela é diferente, eu fiquei até imprecionado por ela não ter gritado quando me viu , e em momento nenhum ela tocou na minha carreira , mas ela sabia quem eu era. Ela realmente é diferente….
Justin Made Of:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Seja Felix (: xoxo