6 de dez de 2011

Em Busca de Um Amor– Coincidência ou Destino?–Capítulo 6



Na casa do Justin:
Chaz: Quem era aquela garota?
Jb: Eu conheci ela no aeroporto.
Chaz: Aposto que ela deu mil gritos , não foi? ( sorrindo )
Jb: Não , ela é diferente , em momento nenhum ela gritou ou falou da minha carreira.
Chaz: O.o e por que ela tava chorando?
Jb: Vc viu?
Chaz: Se eu não tivesse visto eu não taria te perguntando , dã.


Jb: Eh , eh , ela não disse.
Chaz: Huuuummm , sei. E , eeee vcs?
Jb: E vcs o que?
Chaz: Vc sabe…
Jb: Eu nem tinha pensado nisso , e eu aposto que se eu tivesse pensado ela nem ia querer , hoje quando eu conheci ela parecia que ela ia me matar.
Chaz: Hã?? O.o
Jb: Digamos que ela seja ‘’estressada’’
Chaz: Ela , com aquela carinha de santa? Duvido.
Jb: OK , quando vc conhecer ela de novo vc vai ver o que tou falando.
Vc on:
Quando dá umas 2:30 da madrugada vc acorda com muita fome , vc fica sem jeito de ir para a cozinha , mas a fome era tanta que vc foi.
Vc vai bem devagar para não acordar ninguém , vc abre a geladeira , pega um bolo e coloca para vc comer. Quando vc ia pegando o garfo , um copo de vidro cai e faz o maior barulho. Seu coração dispara e alguns minutos depois o seu pai aparece na cozinha.
Pai: O que foi?
Vc: Eu derrubei um copo , ta cego?
Pai: Não precisa me responder assim.
Vc: Onde fica a vassoura?
Pai: Ali ( apontando )
Vc vai pegar a vassoura.
Pai: Ontem vc voltou tarde…..
Vc: Eu sei.
Pai: Quem era aquele garoto que veio te deixar aqui?
Vc: Um amigo.
Pai: Eu sei que é um amigo , ele mora aqui?
Vc: Não te interessa.
Nesse momento a sua irmã chega na cozinha
Isabela: Oi pai , o que foi aquilo? ( indo abraçar seu pai )
Pai: Só foi um copo que a ( seu nome ) derrubou.
Isabela: Só podia ser ela mesmo. ( ela vai até o seu ouvido e diz ) sua desastrada ( e sai andando )
Vc pega ela pelo braço e fala:
Vc: Olha aqui garota , eu tou me segurando pra não falar umas boas pra vc , mas da próxima vez eu falo tudo.
Isabela: Ahh que medo ( irônica ) vc acha que é quem?
Vc: Pois eu acho bom vc ficar com medo.
Isabela: Huum , me solta , eu tou com sono , eu preciso dormir meu sono de beleza que foi interrompido por uma desastrada.
Vc começa a aperta o braço dela.
Isabela: Me solta , vc ta me machucando. Paaaaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii.
Pai: Solta ela.
Vc: Não , eu não tou afim , mande essa idiota parar de me incher , ela me provoca.
Pai: Solta ela. ( gritando )
Vc: Eu não vou soltar. E ahh que grande merda esse sono de beleza , minha filha , nenhum sono e nenhuma plástica vai te deixar bonita. ( olhos cheio de lágrimas )
Isabela: Me solta , vc é horrorosa , parece uma bruxa.
Pai: Chega ( gritando ) as duas de castigo , ( seu nome ) solta ela agora.
Vc: Tabom , já que vc quer que eu solte ela eu solto. ( vc solta a sua irmã jogando ela )
Isabela: ( chorando ) Haii pai ( sai correndo abraçar seu pai ) olha o que ela fez ( mostrando o braço )
Pai: Olha o que vc fez ( gritando ) o braço dela ta todo marcado.
Vc começa a chorar e sai correndo , não para o seu quarto , vc sai para a rua , vc não queria ficar mais um segundo naquela casa. Vc sai pelas ruas sem rumo chorando ,
até que vc encontra uma pracinha , vc senta de baixo de uma árvore e fica lá chorando , até que vc dorme lá mesmo.
No dia seguinte com Justin:
JB: Vamos sair?
Chaz: Cara , ainda são 8 horas da manhã e agente vai pra onde no sábado?
Jb: Sei lá , levanta , vamos.
Chaz: Não , vai vc.
Jb: Taaaa bicho preguiça.
Justin veste uma roupa , pega a bicicleta e sai andando pelas ruas. Quando Justin foi fazer uma manobra , ele caiu e machucou o pé.
Justin On:
Eu cai da bicicleta , acho que torci meu pé , a minha sorte era que tinha uma pracinha ali perto. Eu deixei a bicicleta ali mesmo , estava doedo muito , eu ia para casa , mas estava longe d+ , quando eu chegasse na praça eu ia ligar para o Chaz vim me pegar. Eu cheguei na praça , me sentei no banco e fiquei olhando meu pé , quando começa a chover ,  meu celular não tava no meu bolso , tava do meu lado , a chuva estava muito forte , o meu celular ficou todo molhando , não ligava mais , quando eu escuto um choro. Quando olho para tras era a ( seu nome ) , pareciam que tinha feito macumba pra gente , por que agente vivia se encontrando , não sei se era por que o bairro era pequeno , só sei que agente se encontrava muito. Eu virei coloquei os pés para o outro lado do banco e quando eu fui achando que eu podia andar , eu pisei com força e acabei caindo perto dela.
Jb: Aiii. Desculpa ( sentando do seu lado)
Vc não responde nada só fica chorando.
Jb: vamos sair daqui , vc esta toda molhada e suja , vem ( pegando na sua mão )
Vc: Me solta , eu não quero ir pra lugar nenhum , eu prefiro morrer.
Jb: Vc vai ficar doente , a chuva ta ficando cada vez pior.
Vc: Eu quero ficar aqui.
Jb: Vamos , eu te levo em casa.
Vc: Eu prefiro ficar na rua do que voltar pra aquela casa.
Jb: Então vamos pra minha casa , vc vai ficar doente.
Vcs estavam todos molhados e sujos de lama.
Vc: Eu não quero ir.
Quando vc termina de falar , dá um trovão muitooo alto que vc se assusta.
Vc: Tabom , agora eu quero ir.
Jb: KKKKK. Vamos ( pegando na sua mão ) Ai , eu machuquei meu pé , vc vai ter que dirigir a bicicleta.
Vc: Ta bom , cadê a bicicleta? ( secando as lágrimas )
Jb: Ta no outro quarteirão.
Vc: Fica aqui que eu vou pegar.
Jb: Ta bom , mas vá rápido , pq essas chuvas de verão são as piores.
Vc: Ta bom.
Vc sai correndo , a chuva tava tão forte que vc estava quase limpa kkkk. Alguns minutos depois vc volta com a bicicleta.
Vc: Pronto , vem ( parada )
Jb: É , vem me ajudar. ( sem graça )
Vc: Ha , desculpa , eu esqueci =D
Quando vc foi levantar o Justin vc cai em em cima dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Seja Felix (: xoxo