18 de fev de 2013

The Prediction - Capítulo 5




-Justin , por que aquela foto tava na sua carteira? Você me disse que tinha esquecido ela.
- Mas eu não esqueci.
- Por que? Agente já conversou sobre isso.
- Porque ela me pediu pra não esquecer ela.
- Ela ta morta cara.                       
- Eu sei , mas as vezes eu não tenho certeza. Você sabe que dia é hoje?
- Não!
- Hoje faz um ano que agente estava sentados naquele bar. Um ano que ela morreu.
-  Já pensou em ir ao psicólogo ?
- Você ta me chamando de louco?
- Não , eu não quis dizer isso , mas seria bom você ir.
- Eu não vou nessa merda.
- Bom , você que sabe – falou meio irônico.

   Os sonhos estavam se tornando mais frequentes , e em todos eles ela sempre falava em eu ter a salvado e em eu nunca abandona-la . Nós fazíamos promessas , deitávamos na grama para olhar as noites estreladas e dizíamos o quanto agente se amava.  Até que um dia ela começou a ficar estranha. Sempre dizia que eu precisava encontra-la e que estava sofrendo. Aquilo não era um simples alerta , era uma promessa. Eu não entendia bem o que ela queria dizer exatamente , ela nunca dizia claramente , e sempre que eu perguntava eu acordava.Será que é possível se apaixonar por uma pessoa que você só a conhece nos sonhos? Não sei , mas isso aconteceu comigo. 
   Estou me esforçando muito para parar de beber , as vezes tenho uma recaída. Mas estou tentando. 

   Mais um ano se passou , e os sonhos ainda eram bem frequentes. Decidi tirar férias no trabalho. Eu nunca tirava férias , agora achei a hora exata de tirar. Depois que disse ao Ryan que iria para a Austrália ele só faltou querer me internar. No Início até eu achei meio ''estranha'' essa minha ideia. Mas eu PRECISO estar no lugar onde Julieta cresceu.

   Antes de deixar a casa tirei tudo o que pudesse estragar ou mofar. Eu não iria demorar muito , faria o que tivesse que fazer e depois voltaria. Fiz minha mala não muito grande , apenas com o necessário e joguei  no banco de trás do carro. Acelerei o carro e dei partida até o Aeroporto. Eu não gostava muito da ideia de deixar meu carro no aeroporto , mas isso não seria por muito tempo. Logo pela manhã o Ryan iria pega-lo.
Cheguei no aeroporto e havia uma grande fila para o Check In. Depois de algumas horas de espera consegui embarcar. Sentei-me do lado da janela e fiquei observando as luzes daquela pequena cidade desaparecerem.
   Era uma cidade pequena , típica da Austrália. Estava fazendo muito calor e o fuso horário estava me matando. Com minha mochila nas costas fui procurar informações sobre a Família da Julieta. Havia uma senhora varrendo a calçada de seu restaurante. Parei ali e perguntei. Provavelmente ela iria saber alguma coisa sobre Julieta , ela aparentava nunca ter saído daquela pequena cidade.

- Boa tarde senhora.
- Oi meu filho.
- Eu queria uma informação sua.
- Pode falar.
- Eu queria saber onde esta o pai dessa garota - Mostrei a foto
- A garota que morreu a 2 anos atrás? - falou com espanto.
- Sim.
- Filho , você não deu sorte. Ele viaja a cada 15 dias.
- Ele vai demorar muito para voltar?
- Ele geralmente passa uns 5 dias longe da cidade.
- Só mais uma coisa. Onde fica a casa dele?
- Não é tão longe , umas 4 quadras daqui. É uma casa Branco com um jardim na frente.
- Obrigado.
- Agora eu posso lhe fazer uma pergunta? - Perguntou a senhora
- Sim.
- O que o moço quer com o pai de Julieta?
- Eu... - gaguejei - Eu era amigo dela. A conheci pouco tempo antes de morrer - Omiti.
- Haa.
- Não quer entrar? Você parece estar com fome.
- Estou mesmo com fome - forcei sorrir e entramos.
- Você vai gostar de conhecer o Peter.
- Desculpa , mas quem é Peter?
- O Pai da Julieta - falou entregando o cardápio.
- Haa.
- Ele é um sujeito legal , amava a filha e a esposa mais que tudo nesse mundo. Seria incapaz de encostar um dedo nelas.
- Devia mesmo.
- Todo mundo aqui da cidade conhece ele. Mas depois que aconteceu aquela horrível tragédia ele não sai mais de casa. Ele só sai da toca para viajar - soltou uma gargalhada trêmula - Já escolheu o que vai querer comer?
- Sim. Vou querer bife.

   Já descobri que o nome de seu pai é Peter. Almocei e fui reservar um quarto no hotel. Tomei banho e fui até a recepção.

- Onde fica o cemitério da cidade?
-  Tome o mapa - Abriu o mapa - Aqui - apontou com o dedo onde ficava

   Peguei o mapa e fui seguindo as as coordenadas. Era de tarde , quando cheguei no cemitério o sol já estava começando a se por. Fui andando em meio aos túmulos , olhando cuidadosamente os nomes que haviam nas lápides. Já havia passado por várias sepulturas , e nada de achar o túmulo da Julieta. Haviam algumas com o sobrenome Carter. Claro que ali haveriam. Uma me chamou bastante atenção , na lápide havia escrito Jaime Carter. Era real , Julieta tinha uma irmã. Rodei mais um pouco e não encontrei. Tinha um homem que trabalhava lá. Ele estava parado olhando o sol se por.

- Oi.
- Oi - respondeu.
- Não estou achando a sepultura da minha amiga.
- Qual o nome dela?
- Julieta Carter.
- Julieta? - Era incrível como todos a conheciam ali e de como ficavam espantados quando eu falava seu nome.
- Sim , ela mesma.
- Eu sinto muito ,mas ela não esta enterrada aqui.
- Nem as cinzas? - era duro falar '' cinzas ''
- Nem o pozinho - não dava pra ser mais um pouco delicado não???
- Ta , obrigado.

   Era estranho aquilo. Se ela era querida por todos na cidade era mais que óbvio suas cinzas estarem no cemitério da cidade. Além do mais perto da irmã que tanto amava. Voltei na sepultura de sua irmã e olhei a data de seu nascimento. Se ela estivesse viva hoje , ela teria a mesma idade que Julieta se também estivesse viva. Elas eram gêmeas. Havia algo de muito errado ali , muitooo errado. Eu tinha que aproveitar a oportunidade em que a casa estaria vazia. Talvez naquela casa eu encontraria respostas.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  Oooii coisas do meu heart <3 tudo bom? Ok ok , vou parar de só postar essa #ib e vou postar a outra tb u.u acho que só vou postar depois de amanha , pq amanha vou fazer alguns layouts. Bjs minhas lindjas ;* Obg pelos 11 coments <3

13 comentários:

  1. Aawn continuaa please?! *--*

    ResponderExcluir
  2. Ai senhor tá ficando cada vez mais enteressante essa historia
    CONTINUA

    ResponderExcluir
  3. Anônimo2/18/2013

    To adorando essa história.
    Sou Leitora nova []
    Continua..

    ResponderExcluir
  4. cara to amando a historia, to tão curiosa, tipo será que ele vai encontra a Julieta ai? bom acho que sim né? ai é onde ela mora, só quero ver com vai ser esse encontro.
    continua logo tá bom, to amando a IB <3
    Xoxo.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo2/19/2013

    Como assim vai parar de fazer essa ib, não cara essa é a melhor de todas :'(

    ResponderExcluir
  6. Oie nova leitora continua

    ResponderExcluir
  7. Anônimo2/21/2013

    Continuaa pleaseee *-*
    Estou amando a história!!!

    ResponderExcluir
  8. Anônimo2/22/2013

    Continua *-*

    ResponderExcluir
  9. Sou leitora nova e to amando sua história, nossa cada vez mais curiosa, mt perfeita diva

    ResponderExcluir
  10. Perfeito *-*
    Coontinue dfjerskjn

    ResponderExcluir
  11. Anônimo3/17/2013

    Amor, queria saber se você faz layout pra quem pedir, é que tenho vergonha de pedir pelo twitter :x

    ResponderExcluir
  12. perfeito
    http://xuxu-do-biieber.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Táa perfeitoo amor *-*
    Estou te seguindo, segue de volta?
    Poderia divulgar minha IB? assim no proximo capitulo que eu postar te divulgarei tbm.
    se quiser dar uma olhadinha e comentar agradeço =]
    http://belieberdojbs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente e Seja Felix (: xoxo